Plataforma Indica #45 – Life is Strange

Bem, muitas pessoas costumam passar longe desse game pela sua fama de “jogo de menina” afinal, temos como protagonistas duas adolescentes com diversas questões em suas mentes como quaisquer outras em suas idades, isso faz muitas pessoas ficarem com um pé atrás a respeito desse jogo da Square Enix, mas hoje vou dizer um pouco sobre o por quê você deve joga-lo.

life is strange lixao
O jogo leva muito em conta a reflexão.

Life is Strange resumindo, é um jogo que conta a história de Max, uma garota que em um belo dia na sua escola, descobre que tem o poder de retroceder no tempo e mudar os acontecimentos de acordo com sua vontade. A partir dai a trama se desenvolve em torno dela e sua amiga Chloe, que esta sempre se metendo em apuros e que também está a procura de sua outra amiga Rachel, que está desaparecida.

Trilho de trem
Max e Chloe respectivamente.

O jogo é baseado em escolhas, o que torna todas as suas decisões um pouco mais realistas dando consequências a elas, esse fato também faz com que você pense um pouco mais antes de agir, e tente entender o que se passa na cabeça da personagem. As vezes eu tinha até a impressão de estar interagindo com um seriado americano do que propriamente jogando.

Enfim, porque jogar Life is Strange? Posso responder essa pergunta de uma maneira bem simples, Life is Strange é literalmente um jogo que lhe faz refletir, que faz com que você pense um pouco mais sobre as suas ações e as consequências delas, o jogo ao ser finalizado lhe da a oportunidade de parar para pensar um pouco sobre você e sobre o que está fazendo da sua vida, uma pequena experiência filosófica que eu literalmente recomendo a qualquer um.

Não irei dar spoilers da história, mas confira um trailer do game abaixo, e saiba, Life is Strange é um jogo que poderá mudar sua forma de ver a vida!

 

Sobre Plataforma Geek

Plataforma Geek

Admin da porra toda.

Veja Tambem

Plataforma Indica #62 – Batman: Assault on Arkham

Se você saiu do cinema tão putinho chateado quanto eu após assistir ao confuso e …