Plataforma Indica #58 – Bem-Vindo a N.H.K!

Para quem consome algum nível de cultura pop com certeza já cruzou com  obras que tem origem ou influência  no Japão, o que acabou conferindo ao país asiático uma aura simultânea de familiaridade e mistério. Sem duvidas uma das formas mais corriqueiras que nós acabamos tendo algum contato com a vida rotineira dos cidadãos nipônicos são os animes. Ali sempre acabamos vendo um pouco de como são os costumes, comportamentos e cultura desse povo. Entretanto, essa face ocupa uma porção pequena dos programas que geralmente priorizam ação, comédia ou outra característica dominante dependendo do gênero ao qual fazem parte. Isso aliado as noticias bizarras que geralmente recebemos sobre os problemas sociais e comportamentais do Japão acabam gerando um certo preconceito sobre essa sociedade. Hoje iremos recomendar um anime que tem foco justamente neste tópico.

Bem-vindo a N.H.K! é um anime de drama e comédia baseado no manga de mesmo nome criado por Tatsuhiko Takimoto que tem como personagem principal o jovem Tatsuhiro Sato, um jovem de 21 anos desempregado e que abandonou os estudos na faculdade.  O estilo de vida do jovem é denominado pelos japoneses como hikikomori, apelido pejorativo dado a pessoas que adotam comportamento  de extremo isolamento e acabam se excluindo da vida em sociedade, deixando para trás os estudos, trabalho ou qualquer perspectiva de interação com terceiros. É um problema que atinge milhares de jovens no Japão e o fato do personagem principal se encontrar nesse estado já diz muito sobre o anime. É um show que visa o foco nesse e outros fenômenos sociais do Japão contemporâneo.

Estando no ápice de sua vida como hikikomori  Sato acaba conhecendo a jovem Misaki, uma garota de 18 anos que se compromete a reabilitá-lo de seu estado atual. Além de Misaki, a única outra pessoa com quem Sato se relaciona é seu amigo e vizinho Yamazaki Kaoru, um estudante de design de jogos e ex-colega de escola de Sato. Os dois acabam se envolvendo em um mini projeto de desenvolver um game eroge,  nome dado aos famosos games dating sims, simuladores de relacionamento que são uma febre no Japão. Além disso, como resultado dos diversos questionamentos e crises dentro de sua cabeça, Sato acredita estar fazendo parte de uma conspiração da Nippon Hikikomori Kyokai uma associação secreta que, segundo ele, teria o jogado nessa vida de hikikomori. A sigla da suposta organização NHK, é a mesma de uma das emissoras de tv mais proeminentes do Japão, a Nippon Hōsō Kyōkaiou, ou em português segundo a Wikipédia, Corporação de Radiodifusão do Japão.

Alguns aspectos da cultura otaku, suicídio, depressão, esquemas financeiros fraudulentos, vicio em jogos  online, além do próprio fenômeno hikikomori são alguns dos tópicos abordados pelo anime. Este é o foco do programa, retratar e até certo ponto discutir esses problemas dependendo do tópico, o que com certeza é um de seus pontos fortes. Essa é uma chance muito interessante de se poder observar a perspectiva japonesa sobre esses problemas sérios que na nossa visão limitada são apenas alguns dos fatores que tornam o Japão um país “cheio de bizarrices”.

Cada individuo do trio dos personagens principais tem uma perspectiva única de como encarar a vida e seus problemas. Essas visões acabam conflitando de uma forma ou outra e geram reações diversas na dinâmica entre os três. Outros personagens aparecem com outros problemas distintos e acabam gerando reações e questionamentos adicionais nos três.

O anime lançado em 2006 conta com 24 episódios no total que no inicio alternam entre momentos mais reflexivos e alívio cômico e aos poucos dão mais espaço para um ambiente mais pesado  e contemplativo, onde observamos o sofrimento que os personagens passam.

É um anime bem bad vibe, apesar do humor bem característico que vira e mexe da as caras em alguns momentos. É algo bem diferente do que estamos acostumados quando se pensa em animação japonesa, mas vale a pena se você tem interesse em saber um pouco mais sobre alguns dos problemas sociais que assombram a sociedade atual japonesa.

Se você tem interesse em saber mais sobre  o fenômeno hikikomori confira essa matéria da Japão em Foco clicando aqui.

Sobre Anderson Souza

Anderson Souza

Estudante de Biomedicina, admirador de jogos e vagabundo semi profissional.

Veja Tambem

Plataforma Indica #61 – Tokyo Jungle

Comprei esse game naquelas promoções da PSN em que os games ficam entre 5 e …