SuperGameBrothers #33 – Plantão dos Brothers: E3 2017

Sejam bem vindos a mais um episódio do Super Game Brothers, o podcast de games aqui do Plataforma Geek! No episódio de hoje os Brothers Anderson e Japa fazem uma mesa redonda da E3 2017  e contam com os comentários adicionais de Tonim e Murillo. Relembramos os pontos altos e baixos do evento e coroamos os vencedores ao mesmo tempo que apedrejamos os perdedores do evento. Venha nos escutar e deixe sua opinião.

 

 

Duração: 1hora e 41 minutos.

Assine nosso Feed:
iTunes
RSS

Email: sgb@plataformageek.net
Facebook: Super Game Brothers
Twitter: @SGBpodcast
Itunes: PlataformaCast no Itunes

Entre também nos nossos grupos:
Plataforma Geek no Facebook

Ouvintes do PG no Telegram
PADRIM DO PG!

Sobre Anderson Souza

Anderson Souza
Estudante de Biomedicina, admirador de jogos e vagabundo semi profissional.

Veja Tambem

SuperGameBrothers #31 – Detonado: Franquia God of War

Sejam bem vindos a mais um episódio do Super Game Brothers, o podcast de games …

  • Anubis_Necromancer

    A E3 desse ano foi legal, não aquela coisa como nos anos passados, mas ainda assim foi legal. Mas resumindo o que vi.

    As conferencias pareciam tímidas, infelizmente e alguns apresentadores cometiam erros gritantes, principalmente os da EA, com o pessoal que falava os games meio que se atrapalhando na hora (Jesse Wellens com cara de ‘vem logo pra cá cara, to passando vergonha’), o que prejudicou muito os jogos.
    Uma pena que ao que parece apenas eu senti falta de Dead Space… Bem que a EA poderia ter feito algo pela franquia.

    -A Sony foi boa, mas ficou deveras focada no VR, algo que nem todos temos (eu realmente não iria comprar um, ainda mais custando em média 1900 reais para jogar games que não irei aproveitar muito), deixando jogos realmente bons de lado.
    Outros até que foram meio “polêmicos”, como o remaster de Shadow of the Colossus pro PS4, sendo que tivemos recente, logo outra versão requentada sem adições a ele (já avisaram que não teremos os colossi que foram limados no jogo original), o que deixou muita gente que esperou anos por The Last Guardian, achando que o jogo não fez lá grande sucesso…
    Outro ponto forte poderia ter sido o jogo do Aranha, mas as comparações entre ele com Bayonetta 2 e a franquia Arkhan do Batman foram inegáveis.
    Dá a impressão de que fizeram um mod e lançaram como exclusivo.
    Um que ficou meio “sumido”, mas que deu o que falar, foi o Ace Combat 7: Skies Unknow. O que ficou simplesmente fantástico. Espero que não tenha downgrade ao sair.
    https://www.youtube.com/watch?v=hJAwNHSSjD8

    -Bethesda pareceu que ela só tinha como carro-chefe Skyrim, sem outro jogo ou franquia relevante, é como se aquela velha piada da “Nintendo só faz Mario”, agora fosse para a empresa em relação ao jogo.

    https://scontent.ffor11-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-0/s526x296/19105625_1958443491053904_3873129381422743566_n.png?oh=bae25bc4d35ddbef8269264abc9b5606&oe=59D792DA
    Verdades sendo desenhadas

    Além dos VR dela que como citei acima, não me impressionaram (ainda mais que disseram que rodariam no HTC vive que é caro pra carvalho….)
    https://www.wareable.com/media/images/2016/02/htc-vive-consumer-edition-1456198913-sRo7-full-width-inline.jpg
    Nem vendendo os rins, córneas, pulmões e coração teria grana para comprar isso

    -Capcom praticamente ferrou consigo mesmo, ao lançar a demo de Marvel X Capcom Infinity com aqueles gráficos cagados. Eu realmente me perguntei naquele momento se aquilo era um game ou apenas a tech demo dela, mas quando joguei a demo do modo Story, me decepcionei com aquilo… Espero que ela arrume aquilo antes de lança-lo.
    Fora o dito “suporte” ao Switch que como pudemos ver, era só fantasia.
    Capcom fez algo igual ao que fez com o Revelations. Criou um spion-off que vendeu mais que o jogo da serie principal, portou tudo para todos os outros consoles e quando foi revelada a sequencia, ela esqueceu do console aonde ela havia se originado.
    Algo que ela fez agora com o MH Worlds, deixando um port meia-boca do 3DS no Switch.

    -Nintendo Como sempre, fez seu papel. entrou apresentou e saiu.
    Algo que ao meu ver, todas as outras deveriam fazer, já que muita das apresentações só “encheram linguiça”.
    Apresentação focada mais no Switch, que é praticamente o que está carregando a empresa nesse momento. Com o gameplay e trailer novo do Mario Odyssey (e trazendo a minha saudosa Pauline cantando a música tema^^

    https://www.youtube.com/watch?v=DyUExyri5fA
    Quem é Pauline…

    Além de um novo Yoshi, Kirby e o Retorno duplo de Samus (porcaria Nintendo, assim você me mata do coração!).
    O foco ao New3DS/New2DS ficaram restritos a Treehouse da empresa, mostrando versões jogáveis de seus novos títulos, além da confirmação de que o console não iria perder o suporte tão cedo.
    (Sim, eu vi as Treehouses da Nintendo de 7 e 5 horas XD)

    Se fosse escolher quem venceu, diria que foi a Nintendo.
    Afinal, ela praticamente estava na lama, e conseguiu se reerguer mesmo com todos dizendo que ela já estava acabada e sem apoio das grandes parties.
    Em segundo a Microsoft que mostrou o bichão que é o XOneX
    E em seguida a Ubisoft…

    Seiken Densetsu veio para o ocidente como Final Fantasy Adventures do GBT
    Quando ele ganhou uma sequencia no Snes, ele foi batizado como Secret of Mana.
    Sua sequencia pro Snes nunca veio para o ocidente, ganhando versão traduzida por fãs. Em seguida o resto dos títulos, foram trazidos para cá, começando por Legend of Mana para o PS1

    • Anderson

      FALA MEU QUERIDO! Sempre muito bom poder ler seus comentários. Vamos la….

      Concordo com você na visão geral da E3, foi um bom evento. Com altos e baixos mas pelo menos com promessas mais palpaveis dessa vez. Com relação a Sony e a VR eu vou concordar com o que o Japa disse no cast. A Sony é uma empresa que ta se esforçando muito pra popularizar o VR, que é uma tecnologia muito bacana. Obvio que pra gente que vive aqui no HUEzil é um sonho distante, mas eu acho importante as empresas botarem fé na parada, só faltam joguinhos de verdade.

      Eu vi esse gameplay do Ace Combat, e curti pra caramba! Um retorno total a jogabilidade clássica da franquia. Fiquei até surpreso, porque pelo que tinha visto o Assault Horizon fez um relativo sucesso e trouxe bastante gente que não era fã dos games. Mas pelo que parece a Namco tem ouvido o feedback da galera. Inclusive eu vi na IGN que a Demo tava disponivel com VR. Ta ai uma franquia que vai se beneficiar muito dessa tecnologia.

      Concordo com você também na questão do Skyrim, eu não esperava tanta atenção pra ela (ingenuidade minha) mas tem muito leite nessa teta ainda. Até certo ponto uma atenção merecida pois é um jogão da porra.

      Também gostei muito da apresentação da Nintendo, foi concisa (a mais de todas) chamou a atenção e deixou a galera na expectativa. 2 METROID AI SIM MEU PATRÃO (apesar de não ter nenhuma imagenzinha do prime ainda). Mas ainda assim acho que Ubi e Microsoft ficam na frente pelo espetaculo que elas apresentaram. Shigeru Miyamoto e Beyond Good and Evil 2 pra mim foi do caralho!!! Mas é isso ai.

      Vamos ver oque vai se concretizar de tudo isso e torcer para que não tenha muito downgrade.